quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Síria destruiu armas químicas


Retirada de combustível do reator 4 de Fukushima ameaça criar cenário apocalíptico


Em novembro, a TEPCO começa a remover os bastões de combustível, que têm emissão de radiação equivalente a 14 mil bombas como as foram jogadas em Hiroshima

EBC
Uma operação com consequências potencialmente “apocalípticas” deve começar em cerca de duas semanas – “em torno de 8 de novembro” – no reator 4 de Fukushima, que está danificado e vazando. É aí que a operadora da usina, a TEPCO, vai tentar remover 1.300 bastões de combustível gastos de um depósito completamente estragado no andar superior da usina. Os bastões têm radiação equivalente a 14 mil bombas como as que foram jogadas em Hiroshima.

Apesar de o prédio do reator 4 em si não ter sofrido um colapso, ele passou por uma explosão de hidrogênio, e está indo de mal a pior, e a chance de aguentar mais um abalo sísmico é zero.

O Japan Times explicou:

“Para remover os bastões, a TEPCO colocou um guindaste de 273 toneladas por cima do prédio, que será operado remotamente, de uma sala separada. [...] os bastões gastos vão ser retirados das armações em que eles estão armazenados um a um e inseridos em uma pesada câmara de aço, com as peças ainda submersas debaixo da água. Quando essa câmara for retirada da água e depositada no chão, será transportada até outra piscina em um prédio intacto para armazenamento.

Em circunstâncias normais, uma operação como essa demoraria três meses. Mas a TEPCO esperar completar essa antes do início do ano fiscal de 2014.”

Um coro de vozes têm soado como um alarme contra o plano – nunca algo assim já foi feito – de remover manualmente 400 toneladas de combustível gasto da TEPCO, que tem sido responsabilizada por problema atrás de problema na danificada usina nuclear.

Arnie Gunderson, engenheiro nuclear veterano dos EUA e diretor da Fairewinds Energy Education, alertou, nesse verão, que “eles terão dificuldade na remoção de um número significativo dos bastões”, e disse que “daí se pular direto para a conclusão de que vai dar tudo certo é um belo salto no escuro”. Paul Gunter, diretor do Reactor Oversight Project, também deu o alarme, afirmando ao Commom Dreams que “dadas as incertezas sobre as condições objetivas e a disposição de centenas de toneladas de partes, vai ser como um perigosíssimo jogo de pega varetas radioativo”. Gunter fez a seguinte analogia sobre o perigoso processo de remover os bastões de combustível gastos:

“Se você pensar na armação nuclear como um maço de cigarros, se você puxar um cigarro direto, ele sai – mas essas armações sofreram danos. Agora, quando eles forem puxar o cigarro direto para cima, ele vai provavelmente quebrar e soltar Césio e outros gases, Xenônio e Criptônio, no ar. Suspeito que quando chegar novembro, dezembro, janeiro, vamos ouvir que o prédio foi evacuado, que eles quebraram um dos bastões, que os bastões estão liberando gases. [...]

Suspeito que vamos ter mais liberações no ar à medida que eles tiram o combustível. Se eles puxarem rápido demais, quebram o bastão. Acho que as armações foram retorcidas, o combustível superaqueceu – a piscina ferveu – e o efeito é que provavelmente, boa parte do combustível vai ficar lá por muito tempo.”

O Japan Times acrescentou:

“A remoção dos bastões costuma ser feita por computador, que sabe a localização de cada uma das peças com precisão milimétrica. O trabalho às cegas em um ambiente altamente radioativo faz com que haja um risco de o guindaste danificar um dos bastões – um acidente que deixaria ainda mais miserável a região de Tohoku.”

Como explicou Harvey Wasserman, ativista contra atividade nuclear de longa data:
“Os bastões gastos de combustível precisar ser mantidos resfriados o tempo todo. Se eles forem expostos ao ar, seu revestimento de liga de Zircônio vai pegar fogo, os bastões vão se queimar e grandes quantidades de radiação serão liberadas. Se os bastões encostarem um no outro, ou se eles se desfizerem numa pilha grande o suficiente, pode haver uma explosão.”

RT ainda acrescenta que, na pior das hipóteses: “a piscina pode desabar no chão, derrubando os bastões uns sobre os outros, o que poderia provocar uma explosão muitas vezes pior do que a que aconteceu em março de 2011.”

Wasserman diz que o plano é tão arriscado que merecia uma intervenção global, um pedido do qual Gunter compartilha, afirmando que “a perigosa tarefa não deveria ficar nas mãos da TEPCO, deveria envolver a supervisão e o gerenciamento de especialistas internacionais independentes”.

Wasserman disse ao Commom Dreams que:

“A retirada dos bastões de energia da unidade 4 de Fukushima pode bem ser a missão mais perigosa da engenharia até hoje. Tudo indica que a TEPCO é incapaz de fazer isso sozinha, ou de informar de maneira confiável à comunidade internacional o que está acontecendo. Não há razões para se acreditar que o governo japonês também faria isso. Esse é um trabalho para ser feito pelos melhores engenheiros e cientistas do mundo, com acesso a todos os recursos que poderiam ser necessários

A potencial liberação de radiação em um caso desses pode ser descrita como apocalíptica. Só o Césio equivale a 14 mil bombas como as que foram jogadas sobre Hiroshima. Se algo der errado, a radiação poderia forçar que todos os seres humanos no local sejam evacuados, e poderia provocar a falha dos equipamentos eletrônicos. A humanidade seria forçada a assistir sem poder fazer nada enquanto bilhões de curies de radiação mortal são jogadas no ar e no mar.”

Por mais ousado que possa parecer o alerta de Wasserman, ele encontra ressonância na pesquisadora de fallout de radiação Christina Consolo, que disse ao RT que na pior das hipóteses o cenário é de apocalipse. O alerta de Gunter também foi ousado.

“O tempo é curto enquanto nos preocupamos que outro terremoto pode danificar ainda mais o complexo do reator e o depósito do resíduos nucleares”, continuou ele. “Isso poderia literalmente reinflamar o acidente nuclear a céu aberto e incendiar até alcançar proporções hemisféricas”, disse Gunter.

Wasserman diz que, dada a gravidade da situação, os olhos do mundo deveriam estar voltados para Fukushima.

“Essa é uma questão que transcende ser antinuclear. O destino da Terra está em jogo aqui, e o mundo todo deve acompanhar cada movimento daquele local a partir de agora. Com 11 mil bastões de energia espalhados pelo local, e com um fluxo constante de água contaminada envenenando o oceano, é a nossa sobrevivência que está em jogo.”

Tradução de Rodrigo Mendes.



Créditos da foto: EBC






Eu ví no http://www.cartamaior.com.br/


sábado, 26 de outubro de 2013

Maria: a filha da pobreza extrema de um casal de ciganos búlgaros

Manobras militares reabrem disputa territorial entre Coreia do Sul e Japão

Six detained S. Koreans handed over to Seoul authorities from N. Korea

Cold autumn days until Monday in China

CRÔ O FILME Trailer (Oficial) Nacional

SOS Religar | Parceria com a Ação do Coração no socorro ao sertão nordes...

Se puder, ajude, dõe, contribua!


Ainda bem que esses tufões se desviaram e teremos somente chuva por aqui台風27号と秋雨前線の影響で、東日本中心に局地的に激しい雨(13/10/26)

Terremoto ao Norte do Japão-宮城などで震度4 気象庁、「半日程度は潮位変化が続く可能性」(13/10/26)

Explosão de fábrica em Ibaraki-金属加工工場でダクト爆発 男性2人、意識不明の重体 茨城(13/10/26)

Passageiro cai e é resgatado de trilhos de metrô em Tokyo 東京メトロ日比谷線・銀座駅で線路に落ちた乗客を男性4人が救出(13/10/26)

Fuji TV Odaiba câmera ao vivoフジテレビお台場ライブカメラ

Restaurantes tailandeses diferenciados....é cada uma!!!

Volvo e Electrolux anunciam milhares de demissões

Sobe para 2 mortos em explosão no México

sábado, 19 de outubro de 2013

A casa caiu p/ este "agricultor" 自宅で大麻栽培の疑い、32歳男を逮捕

Coisas de Japão 全国のゆるキャラ大集合、彦根で「ご当地キャラ博」

Tufão 27-猛烈な台風27号、23日から24日ごろに沖縄や西日本接近か(13/10/19)

見知らぬ男に腹を・・・リサイクル会社の男性刺される(13/10/19)

伊豆大島に"竜巻の卵"?土砂に阻まれ 捜索難航(13/10/18)

Não compre produtos que sejam testados em animais.



http://www.pea.org.br/





Consumidor encontra rato dentro de garrafa de Coca-Cola em Guarujá.......de novo!



Carolina Iglesias

Um animal semelhante a um rato foi encontrado dentro de uma garrafa de 2 litros de Coca-Cola, em Guarujá. O produto foi adquirido pelo pedreiro Rui Charles Rodrigues, de 42 anos, há cerca de um mês, em um estabelecimento de Vicente de Carvalho, pertencente ao lote P230813.

Nesta sexta-feira, o consumidor participou de uma audiência de conciliação com a empresa. Segundo ele, no encontro, realizado na sede do Procon, no Município, o advogado da Coca-Cola convidou a família do pedreiro a conhecer as instalações da fábrica da empresa e ofereceu uma nova embalagem do produto.

Rodrigues conta que, por sorte, a bebida não foi ingerida pelo seu filho de 16 anos. “A embalagem foi comprada pela minha esposa e deixada dentro da geladeira de casa para gelar. Como o líquido é escuro, ela não percebeu a presença do rato dentro da embalagem”, comenta.
N/A
O refrigerante foi comprado há cerca de um mês por um consumidor de Guarujá. Embalagem não era retornável

Ainda conforme o pedreiro, quando o refrigerante já estava gelado, um dos filhos do casal, que tem 16 anos, pegou a garrafa. Ao despejar parte do líquido em um copo, percebeu a presença de um corpo estranho dentro da embalagem. “Ele nos chamou e constatamos que aquilo dentro da garrafa era um rato. O bicho era pequeno e estava boiando dentro da garrafa”.

Após constatar a irregularidade, o pedreiro imediatamente fechou a garrafa e apresentou uma queixa no Procon da Cidade. “Fotografamos tudo e trouxemos a embalagem com o bicho aqui para o Procon. Mas a Coca-Cola não deu muita atenção para o nosso problema. Simplesmente falaram que trocariam a embalagem. Isso é um absurdo. Poderia ter prejudicado outras pessoas”, comenta indignado.

De acordo com o diretor do Procon de Guarujá, Alexandre Cardoso, após o caso chegar ao conhecimento da fundação, a empresa e o supermercado onde o refrigerante foi adquirido foram notificados. “Todas as garrafas do mesmo lote foram retiradas, imediatamente, das prateleiras, a fim de preservarmos a saúde de outros consumidores”, explica.

O caso também foi oficiado ao Ministério Público e à Vigilância Sanitária. “Esta foi a primeira vez que recebemos uma denúncia nesse sentido. Estamos preocupados e acompanharemos de perto este caso para não colocar em risco a saúde de nenhum consumidor”.
N/A
Problema foi percebido quando o filho do consumidor colocou um pouco do refrigente no copo
Garrafa retornável também estava contaminada

Um outro caso, também em Guarujá, envolveu a funcionária pública Alessandra Rodrigues, de 42 anos. Depois de comprar uma garrafa retornável, ela encontrou no produto algo semelhante a limo. Alessandra disse que comprou a garrafa há cerca de um mês.

“Eu sempre costumo comprar garrafas retornáveis. No dia, comprei duas embalagens. Uma delas consumi com o meu marido e o meu filho. Não verificamos nenhum gosto estranho, mas sentimos um desconforto estomacal após a ingestão. Já a segunda, comprada no mesmo estabelecimento, verifiquei, enquanto fazia a sua higienização, que estava estranha. Dentro dela notei um limo e, por isso, entrei em contato com o SAC da Coca-Cola”, comenta.

Imediatamente ela entrou em contato com a empresa, que pediu para que  aguardasse contato em 24 horas. Como isso não aconteceu, a consumidora decidiu acionar o Procon de Guarujá há cerca de duas semanas.

Hoje, Alessandra compareceu novamente ao Procon. “Na audiência do seo Rui, falei com o advogado da empresa, que foi rude e até sarcástico. Futuramente haverá uma análise do material, mas achei uma falta de respeito da marca conosco. Somos os consumidores que dão lucro pra eles e fomos tratados com descaso”.

Segundo o Procon, assim como no primeiro caso, o material foi encaminhado para análise no Instituto Adolfo Lutz. Os resultados dos exames ainda são aguardados.
Em casos como estes, o diretor do Procon orienta os consumidores a acionarem a empresa por meio do SAC e levar a reclamação ao conhecimento do órgão e da Vigilância Sanitária. “O Procon vai esperar os laudos destas análises e continuará acompanhando o caso”.

Resposta

Em nota, a FEMSA Brasil, que representa a Coca Cola, informa que ''segue os mais rigorosos padrões de qualidade, segurança e integridade na fabricação das bebidas. As linhas de produção das fábricas da companhia possuem uma série de procedimentos de inspeção, com equipamentos eletrônicos que asseguram a qualidade das bebidas''.

Sobre os casos relatados pelos consumidores, o comunicado diz que ''não há registro no SAC da empresa. Hoje, durante encontro entre as partes no Procon, a companhia ofereceu a troca do produto por mera liberalidade, já que não teve oportunidade de realizar a análise técnica do produto, que está aberto. A medida não foi aceita, ficando prejudicada qualquer avaliação detalhada sobre o fato narrado''.

E a nota conclui dizendo que ''a FEMSA Brasil reafirma seu compromisso com a qualidade e com o bem estar de seus consumidores, estando sempre à disposição para substituir os produtos, nas hipóteses determinadas pelo Código de Defesa do Consumidor, colocando-se à disposição para atendimento pelo 0800 0212121''.

Sobre o segundo caso, a empresa não se manifestou.

Problemas de locomoção

O medo de encontrar restos de animais – em especial, ratos – em garrafas do produto se deve à denúncia, feita por um relojoeiro paulista, de que teria sofrido problemas de locomoção e fala após ingerir uma garrafa na qual haveria um rato morto.

O caso ocorreu em dezembro de 2000, mas apenas recentemente se espalhou nas redes sociais, após ser mostrado em uma reportagem de TV.

Desde então, a Coca-Cola tem procurado reverter a má impressão deixada a parte dos consumidores. No mês passado, em comunicado, declarou que “nossos protocolos de controle de qualidade e higiene tornam impossível que um roedor entre em uma garrafa em nossas instalações fabris”.

“Lamentamos o estado de saúde do consumidor, mas reiteramos que o fato alegado não tem fundamento e é totalmente equivocada a associação entre o consumo do produto e o seu estado de saúde”, afirmou.


Eu vi no http://www.atribuna.com.br/

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Turismo en el metro de Japón

Japón: agua radiactiva por tifón

Imagens mostram dramático resgate no Mediterrâneo

Fragmento de meteorito é retirado de lago na Rússia

Violino 'que não parou de tocar' em naufrágio do Titanic vai a leilão

Polícia investiga estranho assassinato em Saitama durante passagem do tufão 26-「夫が血だらけで」男性"殺害"後 長女も・・・埼玉(13/10/17)

Passagem do taifu 26 deixa 20 mortos e mais de 30 desaparecidos até o momento- 20人の死亡確認 33人連絡取れず 伊豆大島土砂災害(13/10/17)

Shutdown: Fim da crise à vista com acordo no senado americano

Corpo de criminoso nazi aguarda destino em aeroporto militar de Roma

Erich Priebke, um cadáver que incomoda

Expulsão de criança em situação ilegal choca França

Buscas em curso para recuperar corpos de vítimas de acidente aéreo no Laos

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

BBC Click: Primeiro smartphone curvo é lançado

Especial da BBC mostra novas pistas no caso Madeleine

Canguru invade loja em aeroporto na Austrália

台風26号 神奈川・二宮町で子ども2人が波にさらわれたもよう(13/10/16)

台風26号 伊豆大島から清水徳行記者の報告です。(13/10/16)

Tufão 26 assola região do Japão台風26号 暴風雨が猛威を振るった各地の被害をまとめました。(13/10/16)

Estado Unidos voltam a falhar acordo orçamental

Itália evita nova tragédia no Mediterrâneo

Quase uma centena de mortos no sismo das Filipinas

Alta segurança em Moscovo nas celebrações do Eid al-Adha

Empregado da ArcelorMittal suicida-se e deixa carta a acusar patrão

Paralisia nos EUA: Republicanos reféns do "Tea Party"

Teerão quer ter direito a enriquecimeno de urânio

Irão: proposta sobre nuclear envolta em mistério

Tufão provoca mais de uma dezena de mortos no Japão

terça-feira, 15 de outubro de 2013

台風26号 強い勢力を保ったまま16日に関東地方上陸のおそれ(13/10/15)

O apedrejamento de Satã na Arábia Saudita

Terremoto nas Filipinas provoca 73 mortes

Terremoto nas Filipinas provoca 73 mortes

Mesquita sunita alvo de ataque

台風・・・通勤への影響どこまで 今村涼子「あすナビ」(13/10/15)

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Chapas de raio X indicam que Marilyn Monroe fez plásticas

Zoo abriga demônios-da-tasmânia para projeto de conservação

Balconista expulsa ladrão armado com facão nos EUA

Bar em Moscou é servido apenas por pares de gêmeos

Trem atinge em cheio um caminhão cegonha

Trabalho infantil atinge 3,6 mi de crianças no Brasil

FMI adverte E.U.A. sobre aumento de teto da dívida

Greenwald pede asilo para Edward Snowden no Brasil

200 kg de metanfetamina são apreendidos na Austrália

Tecido inteligente cuida de bebês prematuros

Ford inova com tecnologia em segurança para carros

18ª Parada Gay no Rio reúne 150 mil simpatizantes

Tufão 26 se aproxima do Japão-2013年最大級の台風26号、早ければ16日朝にも関東に最接近か(13/10/14)

Aborígenes vivem com a produção de sabonete artesanal

O menor cão do mundo

Apartamentos alugados com serviços luxuosos

Brasil é Nº 1 no ranking em assassinatos homofóbicos

Veja o incrível espetáculo da pororoca na China

Tratamento faz mulheres engravidarem após menopausa

FIFA não está preocupada com estádios nem com protestos

Passarela quebra e turistas vão parar na água

Tufão mata 13 pessoas nas Filipinas

Christiane F. lança segunda autobiografia

Fábrica de misses inova em 'reality show'

Cacto dos deuses

Rússia nega fiança a ambientalistas britânicos

Lima vai organizar Pan-americano de 2019

FMI e Banco Mundial preocupados com EUA

Tumulto na Índia deixa 60 mortos

Naufrágio provoca 32 mortes no Níger

Presidente argentina recebe alta

Milhares de vietnamitas se despedem de Giap

Dalai Lama visita o México

Dois milhões de muçulmanos iniciam peregrinação a Meca

EUA e Afeganistão sem acordo

Índia vence "batalha" contra ciclone Phailin depois de deslocar um milhã...

Ciclone Phailin: Mais de meio milhão de indianos já abandonou as suas casas

Exército descobre túnel subterrâneo entre Gaza e Israel

Snowden premiado por ex-espiões

Polícia do Azerbaijão reprime protesto contra fraudes eleitorais

Rússia vive novos confrontos entre pró e anti-gay

Veneza testou as primeiras comportas do MOSE que a protegem das cheias

Governos de Malta e Itália indignados com tragédias no Mediterrâneo

STOP Monsanto: Milhares de pessoas em 500 cidades disseram "não" aos OGM

Sobreviventes do naufrágio de Malta finalmente em terra firme

"Hajj": fiéis muçulmanos regressam ao "centro do universo" em Meca

Índia: 89 pessoas morrem espezinhadas durante festa religiosa

300 pessoas detidas após motim racista em Moscovo

Novo suspeito para o caso de Madeleine McCann

Índia: Balanço de movimento de pânico ultrapassa a centena de mortos

domingo, 13 de outubro de 2013

Fukushima: Palco do momento mais perigoso para a humanidade




Nós estamos agora a cerca de um mês e meio do que pode ser o momento mais perigoso para a humanidade desde a crise dos mísseis em Cuba. Não há desculpas para não agir. Todos os recursos precisam estar focados no tanque de combustível do reator quatro de Fukushima.


A empresa proprietária de Fukushima, a Tokyo Electric (Tepco), diz que daqui cerca de 45 dias eles começarão a tentar remover mais de 1.300 tubos de combustível de um dos tanques que está bastante danificado a cerca de 50 metros do chão. Este tanque está em cima de um prédio muito danificado que está afundando, entortando e pode facilmente cair com o próximo terremoto ou até mesmo sozinho.

As quase 400 toneladas de combustível naquela piscina podem derramar 15 mil vezes mais radiação do que foi derramada em Hiroshima.

A única coisa certa sobre essa crise é que a Tepco não tem os recursos financeiros ou científicos para lidar com a situação. Nem mesmo o governo japonês. A situação demanda de um esforço mundial coordenado dos melhores cientistas e engenheiros que nossa espécie pode prover.

Por que isso é tão sério?

Nós já sabemos que milhares de toneladas de água muito contaminada estão vazando de Fukushima desde 2011 e indo direto para o oceano Pacífico. Já foram encontrados cardumes de sardinha com traços de contaminação na costa da Califórnia… E nós devemos esperar coisas muito piores.

O governo proibiu a pesca na região após encontrarem peixes com o nível de radioatividade 10 vezes acima do comum
A Tepco continua a jogar mais e mais água na região dos três núcleos dos reatores destruídos para de alguma forma mantê-los resfriados. O vapor que sai destes indica que a fissão nuclear pode ainda estar ocorrendo no subsolo. Mas ninguém sabe exatamente onde estes núcleos estão.

Esta água jogada torna-se radioativa ao entrar em contato com o núcleo. Como não pode ser descartada, sua maioria está agora armazenada em milhares de enormes porém frágeis tanques que foram montados com pressa em volta do local. Muitos já estão vazando. Eles podem simplesmente se desmontar no próximo terremoto, liberando milhares de toneladas de veneno permanente no Pacífico.

Tanques armazenando água radioativa
A água que está sendo jogada no local está prejudicando as bases das estruturas que sobraram, inclusive a do prédio que suporta o tanque de combustível da unidade quatro.

Mais de 6.000 varas de combustível estão em um tanque apenas a cinquenta metros da unidade quatro. Algumas destas contendo plutônio. O tanque não tem nenhuma contenção extra, está vulnerável à perda do isolamento estrutural, ao colapso de algum prédio próximo, outro terremoto, outra tsunami e mais.

No geral, mais de 11.000 varas de combustível estão espalhadas ao redor da Fukushima. De acordo com o especialista do departamento de energia Robert Alvarez, há cerca de 85 vezes mais césio no local do que o que foi liberado em Chernobyl. Pontos de radioatividade continuam sendo encontrados em todo o Japão. Há indicações de áreas com grande incidência de problemas na tireoide de crianças.

A missão principal é que estas varas de combustível devem sair de alguma forma com segurança deste tanque de combustível do reator quatro o mais rápido possível.

Qual o risco que estas varas de combustível apresentam?

O combustível gasto têm de ser mantido de alguma forma debaixo da água. É revestido em uma liga de zircônio que irá entrar em ignição espontaneamente se exposto ao ar. Usado por muito tempo em lâmpadas de flash de câmeras fotográficas, o zircônio queima com uma chama extremamente clara e quente.

Cada bastão emite radiação o suficiente para matar alguém próximo a ela em questão de minutos. A ignição de uma poderia forçar toda a equipe a abandonar o local e deixaria equipamentos elétricos inutilizados.

De acordo com Arnie Gunderson, uma engenheira nuclear com quarenta anos de experiência em uma indústria que fabrica estas varas de combustível, as que estão dentro do reator da unidade quatro estão tortas, danificadas e trincadas ao ponto de quebrarem. As câmeras mostraram quantidades preocupantes de destroços no tanque de combustível, que parece estar bem danificado.

Os desafios de esvaziar este tanque são cientificamente enormes, diz Gundersen. Mas deverá ser feito com 100% de perfeição.

Se a tentativa falhar, as varas podem ser expostas ao ar e pegar fogo, liberando quantidades horroríficas de radiação na atmosfera. O tanque pode cair no chão, derrubando as varas juntas em uma pilha que poderia ativar a fissão e explodir. O resultado seria uma nuvem radioativa que ameaçaria a segurança e saúde do mundo todo.

Os primeiros vestígios de radiação que Chernobyl emitiu chegaram na Califórnia em dez dias. Os vestígios de Fukushima chegaram em menos de uma semana. Um novo incêndio no tanque de combustível do reator quatro pode derrubar uma corrente contínua de radiação venenosa por séculos.

O embaixador aposentado Mitsuhei Murada diz que se esta operação der errado, “destruiria o ambiente mundial e nossa civilização. Não é ciência astronômica ou se conecta com debates sobre plantas nucleares. Esse é um assunto sobre a sobrevivência humana”.

Nem a Tokyo Electric ou o governo do Japão pode fazer isso sozinho. Não há desculpas para não organizar um esforço em conjunto mundial dos melhores engenheiros e cientistas disponíveis.

O relógio está contando e não podemos evitá-lo. O desfecho de um possível desastre nuclear mundial está quase batendo na porta. Para ajudar, a melhor coisa que você pode fazer é passar esta informação para outras pessoas afim de mobilizar e conscientizar o mundo do perigo que estamos enfrentando e assim pressionar as autoridades a se organizarem.


Eu ví no http://sobrevivencialismo.com/

sábado, 12 de outubro de 2013

10 mortos no incendio em clínica ortopédica em Fukuoka-福岡・病院火災10人死亡 きょうも実況見分続く(13/10/12)

2 mortos em acidente de transito em Kumamoto-軽自動車とマイクロバスが正面衝突 2人死亡、1人重体 熊本市(13/10/12)

Tortura e transe em festival na Tailândia

Argentina dá ultimato ao Uruguai

Final feliz para Baby e Népal

Bye, bye motorista!'

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Malala ganha prêmio Sakharov do Parlamento Europeu

Prêmio Nobel de Literatura vai para Alice Munro

Nobel de Química vai para três cientistas

Como destruir armas químicas

Primeiro-ministro da Líbia é libertado após sequestro

Pelada de bola ovalada

EUA, Coreia do Sul e Japão iniciam manobras navais

Pai de Edward Snowden chega a Moscou

Ban Ki-moon condena sequestro na Líbia

Inspetores da ONU reiniciam trabalho na Síria

Egito critica corte de ajuda americana

Dilma aciona Itamaraty contra prisão de brasileira na Rússia

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

台風24号、温帯低気圧に 9日いっぱいは暴風や激しい雨に警戒(13/10/09)

Itens avaliados em mais de 410 mil dólares são roubados de loja em Ginza



Um grupo de assaltantes arrombou uma loja de luxo em Ginza na manhã da última sexta-feira e levaram bolsas de grife e echarpes com valor estimado em mais de 410 mil dólares.

Um grupo de assaltantes arrombou uma loja de luxo em Ginza na manhã da última sexta-feira.
Um grupo de assaltantes arrombou uma loja de luxo em Ginza na manhã da última sexta-feira

A polícia recebeu uma chamada de um motorista de táxi por volta das 5:20 da manhã relatando que um carro estava sendo usado para arrombar a porta da loja que vende produtos de grife.

21 bolsas e 3 echarpes da grife francesa Hermès foram levados.

O item mais caro foi uma bolsa avaliada em mais de 26 mil dólares.

Uma investigação da polícia descobriu que 2 veículos seguiram para a loja e que os assaltantes utilizaram um dos carros para arrombar a porta. Três homens entraram no estabelecimento e fugiram logo em seguida.

A polícia está investigando imagens de câmeras de segurança instaladas próximo ao local, noticiou a NHK.






Eu li no PortalMie

Campanha de segurança de outono alerta dos perigos de acidentes



Campanha de segurança alerta motoristas e ciclistas a acenderem faróis mais cedo e usarem roupas e acessórios reflexivos nesta época do ano.


Nos meses finais do ano aqui no Japão, os dias ficam mais curtos. Durante o horário de pico do trânsito no Japão está acontecendo o nascer e o pôr do sol aumentando o risco de acidentes envolvendo carros e ciclistas. É comum dirigir com o sol estando próximo a linha do horizonte dificultando a visibilidade e aumentando as chances de acidentes.

Para alertar os cidadãos foi iniciada uma campanha nacional chamada de “Movimento: Acenda a lanterna mais cedo no período da tarde” (traduzido do japonês).

É uma campanha de reflexão e alerta aos perigos que podem surgir neste período de dias mais curtos no Japão.

Conteúdo do Movimento:

(1) Acender durante o entardecer lanternas e luzes (carros, motos, bicicletas e etc)

No entardecer não esqueça de acender as lanternas do seu veículo!

(2) Uso de refletores (pedestres, ciclistas)

Durante o entardecer e a noite ao sair, utilize roupas claras e refletores pendurados ao corpo.

security-drive-campaign-








Eu li no PortalMie

Mais de 500 prisioneiros sofreram intoxicação alimentar em Hokkaido




A polícia disse na terça-feira que mais de 500 detentos sofreram intoxicação alimentar em uma cadeia da província de Hokkaido no mês passado.

Prisioneiros sofreram intoxicação alimentar em Hokkaido.
Prisioneiros sofreram intoxicação alimentar em Hokkaido


Segundo a polícia, 516 dos 1.100 detentos da Prisão de Tsukigata começaram a reclamar de dores no estômago, diarreia e febre entre os dias 12 e 19 de setembro.

A TBS noticiou que 74 prisioneiros receberam tratamento nas enfermarias da prisão e que até o dia 30, a maioria deles já havia se recuperado.

Uma investigação revelou que pelo menos 46 detentos desenvolveram a infecção causada pela bactéria E.coli ao ingerirem comida preparada na prisão.

Um centro de cuidados da saúde que está investigando o caso ordenou que as cozinhas do local fossem desativadas até o dia 4 de outubro.







Eu li no PortalMie

Tufão 24台風24号、長崎の一部を暴風域に巻き込みながら北上

Tufão N. 24 “Danas” se aproxima da ilha central do Japão

Japão e Coréia do Sul se preparam para a chegada do Tufão Danas. Na segunda-feira o Tufão atingiu as Ilhas Ryukyu e sua trajetória está prevista a atingir o sul do Japão e Coréia do Sul .


O tufão No. 24 classificado como “muito forte” avança da região sudoeste do Japão a uma velocidade de 30km por hora para o norte. A pressão central é de 945hPa e carrega ventos em seu centro de até 160km/h.. A previsão é de atingir a região de Yamaguchi no fim do dia. Depois disso, pode transformar-se em uma tempestade extratropical. Devido a previsão de forte tempestade, as regiões previstas no caminho do tufão devem estar sob vigilância devido a fortes chuvas e possibilidade de inundações.

Oficiais da agência disseram que o tufão se moverá em direção leste no final desta terça-feira, alcançando a parte norte de Kyushu. Eles alertam para a ocorrência de fortes ondas e ventos ao sudoeste do Japão.

Mais de 30 mil casas sofreram cortes de energia nas Ilhas de Kagoshima e Okinawa. Empresas aéreas suspenderam mais de 100 voos nesta terça-feira, noticiou a NHK.

Depois de enfrentar cerca de 125 mm  de chuva e ventos tropicais com força de tempestade em Okinawa após a passagem do Tufão Fitow entre sexta-feira e sábado, o Tufão Danas chegou às Ilhas Ryukyu na segunda-feira, com ventos fortes e as chuvas torrenciais. Rajadas de vento fortíssimas foram sentidas com a passagem do centro do tufão Danas diretamente em cima das ilhas.

Eu li no PortalMie







Manifestação pela educação termina em confrontos

Banksy à solta em Nova York

Cemitério cheio em Lampedusa

Supresa do Nobel de Medicina James Rothman

China domina cúpula da APEC

Não faça guerra, faça um jardim

Obama vai anunciar mulher para chefiar Fed

Protesto contra fábrica de celulose no Uruguai

Ativistas presos prometem recorrer Tribunal dos Direitos Humanos

Passeata por reforma migratória termina em prisões nos EUA

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Arte em Revista: O olhar feminino do Oriente Médio

Dia da unificação na Alemanha

Paquistão proíbe comunicações pela internet na província de Sindh

Burton, Channel e Valentino na semana da moda de Paris - le mag

Tom Clancy: Mestre da literatura de espionagem morre aos 66 anos

Desempregados à força nos Estados Unidos

O caos que pode abater a América

Tiroteio em Washington....de novo!

EUA não dão conta nem de seu povo e querem cuidar dos povos alheios!!!

Itália: Mais de 130 mortos ao largo de Lampedusa